Todo dia um filme de terror: Semana 16 e 17


Semana 1 / Semana 2 / Semana 3 / Semana 4 / Semana 5 / Semana 6 / Semana 7 / Semana 8 / Semana 9 / Semana 10 / Semana 11 / Semana 12 / Semana 13 / Semana 14 / Semana 15



Depois de um breve hiato, voltei com os textos desse projeto maravilhoso de todo dia um filme de terror. O que acontece é que a semana 16 ficou incompleta, então preferi fazer ela com a semana 17.
Outra mudança é que antes as semanas começavam a ser contadas no domingo, e agora são a partir da segunda.
Dito isso,

A lista:


29 de abril: In The Mouth of Madness (1994)

Direção: John Carpenter

Um investigador parte em busca de um autor de terror que desapareceu misteriosamente enquanto se preparava para lançar um livro de uma franquia famosa por levar seus leitores à loucura.

Carpenter pegou um pouquinho de Lovecraft e um pouquinho de Stephen King e esse filme ficou uma bizarrice só. A influência das obras dos dois autores pode ser percebida de longe, nos primeiros minutos do filme. Tem umas cenas incríveis visualmente falando. É uma ótima dica pra quem gosta das histórias sobre escritores que acabam ficando malucos com suas próprias obras. E, claro, pra quem curte o trabalho do King, do Lovecraft e do Carpenter.



30 de abril: Child's Play (1988)

Direção: Tom Holland

Um serial killer, à beira da morte, usa um feitiço voodoo para se tornar um boneco. Esse boneco, infelizmente, acaba indo parar numa casinha muito decente, com uma mãe amável e seu filhinho. Os instintos do assassino permanecem no boneco, Chucky, e ele começa a destruir a vida dessa família.

Eu acordei um dia com vontade de assistir Chucky. E eu ainda tô devendo a mim mesma uma maratona dessa franquia. Um dia vai dar certo.



01 de maio: Scream 3 (2000)

Direção: Wes Craven

Ghostface está de volta, mas Sidney Prescott também.

Novamente eu preciso dizer que amo a Sid e que ela é minha heroína no terror. Eu realmente acho esses filmes incríveis. Amo bastante.



02 de maio: One Dark Night (1983)

Direção: Tom McLoughlin

Como parte de uma iniciação de uma irmandade no colégio, uma jovem precisa passar a noite em um mausoléu na companhia de um espírito vingativo.

Eu não tinha ouvido falar desse filme, mas adorei. É um filme simples, ele faz exatamente aquilo que propõem, e eu acho que isso é essencial.



Fim da semana 16.
Começo da semana 17:

07 de maio: The Monster Squad (1987)

Direção: Fred Dekker

Um grupo de jovens fãs de filmes de terror percebe uma movimentação estranha na cidade onde moram, e descobrem que os monstros da ficção estão vivos de verdade.

É um filme divertidíssimo. eu gosto demais desse tipo de filme, que junta vários monstros e faz essa gororoba.



08 de maio: Candyman (1992)

Direção: Bernard Rose

O espírito vingativo de um homem se transformou numa lenda urbana. Uma pesquisadora, que estava estudando sua história, acaba o acordando.

FILMÃO. Eu não sei como eu não tinha visto isso antes. Achei incrível. Quero ver de novo e ler todos os artigos disponíveis sobre.



09 de maio: Antibirth (2016)

Direção: Danny Perez

Uma mulher se encontra grávida, mas ela não sabe como isso pode acontecer. Sua gravidez, também, é bem diferente das gestações normais.

Esse filme me chamou atenção pelo seu nome em português. "O Monstro dentro de você" pareceu muito interessante, e resolvi dar uma chance. Não decepciona. O filme é uma maluquice mas é ótimo.



10 de maio: Pumpkinhead (1988)

Direção: Stan Winston

Depois de um acidente trágico, em que um jovem atropela seu filhinho enquanto faz uma corrida de motos, Ed Harley vai atrás de uma bruxa para acordar o espírito vingativo de Pumpkinhead.

Eu tinha assistido esse filme uns anos atrás, mas não me lembrava dele muito bem. Não tem nenhuma novidade muito grande, tirando o próprio Pumpkinhead, que é um trabalho artístico incrível. Fora isso, é aquela história dos adolescentes que viajam pro interior e causam problemas.



11 de maio: An American Werewolf in London (1981)

Direção: John Landis

Em uma viagem pela Inglaterra, dois jovens se encontram com uma maldição terrível. Um deles acaba sendo morto, o outro se transforma em Lobisomem.

Eu gosto como esse filme é simples mas é incrível. Uma das melhores transformações de lobisomens do cinema. Um trabalho incrível de maquiagem feita pelo Rick Baker. Um filme sempre gostoso de assistir.



12 de maio: The Crow (1994)

Direção: Alex Proyas

Um homem é morto brutalmente junto de sua namorada na véspera de seu casamento e do Halloween. Porém, ele volta e quer vingança.

Baseado no quadrinho de James O'Barr (que será lançado no Brasil mês que vem pela Darkside), O Corvo é um dos meus filmes preferidos de todos os tempos. É um filme incrível e é difícil escrever sobre ele sem ficar dizendo que eu o amo.



13 de maio: Green Room (2015)

Direção: Jeremy Saulnier

Após ver um assassinato, Pat e sua banda vão precisar lutar para sobreviver em uma casa de shows frequentada principalmente por neo-nazistas.

Faz uns 2 anos que eu estou pra assistir esse filme, e finalmente consegui. É um bom filme, é interessante, tem cenas ótimas.




Jéssica Reinaldo

Formada em História, escreve e pesquisa sobre terror. Tem um afeto especial por filmes dos anos 1980, vampiros do século XIX e ler tomando um café quentinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários educados são sempre bem recebidos!

Mas não aceito nem tolero ofensas, comentários impossíveis de compreender, spams e qualquer tipo de intolerância.

Os comentários são moderados, por isso aguarde a aprovação!

Instagram