Todo dia um filme de terror: Semana 15


Semana 1 / Semana 2 / Semana 3 / Semana 4 / Semana 5 / Semana 6 / Semana 7 / Semana 8 / Semana 9 / Semana 10 / Semana 11 / Semana 12 / Semana 13 / Semana 14



A lista:

22 de abril: Pride and Prejudice and Zombies (2015)

Direção: Burr Steers

Baseado no livro de mesmo nome de Seth Grahame-Smith, que faz uma paródia do romance Orgulho e Preconceito, da Jane Austen, mas acrescenta os zumbis. Em uma Inglaterra do século XIX, as irmãs Bennet precisam lutar contra esses mortos vivos.

Bom, eu amo paródias de Jane Austen. Infelizmente não li o livro ainda, mas ele está na minha lista de leitura e pretendo ler em breve.


23 de abril: Martyrs (2008)

Direção: Pascal Laugier

Uma garota parte em busca de vingança daqueles que a torturaram quando criança, porém as coisas acabam saindo do controle.

Esse filme foi escolhido especialmente pro dia 100. Eu tinha começado a assisti-lo anos atrás, mas não consegui terminar. É cruel, é macabro, é sinistro, então eu resolvi fazer esse desafio pra mim mesma e assistir inteiro. O filme é incrível, seu roteiro faz sentido, mas não é o tipo de filme que eu assistiria duas vezes.



24 de abril: Wildling (2018)

Direção: Fritz Bohm.

Uma adolescente, mantida trancada em casa por aquele que ela supunha ser seu pai, acaba sendo resgatada e descobre que sua família de verdade é bem assustadora.

Foi uma decepção. Eu vi muitas pessoas falando sobre esse filme, e a temática é de lobisomens, então eu achei que poderia sair algo interessante daí. O filme começa bem, mas o final escorrega feio e acaba se tornando uma coisa horrível. Eu fiquei sem expressar opiniões para tentar encontrar pontos positivos, mas não sei se consigo.



25 de abril: The Bat Batch (2016)

Direção: Ana Lily Amirpour

Uma garota, num Texas distópico, acaba caindo nas mãos de uma tribo de canibais. Ao ser resgatada, acaba encontrando refúgio em uma sociedade chamada Comfort, onde quem é o líder é chamado The Dream.

Esse filme me chamou atenção porque 1) gosto da Ana Lily, ela dirigiu A girl walks home alone at night, e é um ótimo filme de uma vampira adolescente; 2) o elenco, que conta com Jason Momoa, Keanu Reeves e Jim Carrey; 3) o pôster. Foi uma grata surpresa, na verdade. É um bom filme, interessante, que trata de perspectiva sobre quem é bom, quem é ruim, e é bem simples.



26 de abril: The Wicker Man (1973)

Direção: Robin Hardy

Um policial vai até uma ilha investigar o desaparecimento de uma garota, mas acaba se deparando com uma religião estranha para ele.

Eu tenho sérios problemas com esse tipo de filme, que utiliza religiões diferentes do cristianismo e as tratam como bárbaras sem o mínimo de cuidado. É um bom filme, tem um desenrolar ok, mas tem esse detalhe. Porém: tem o Christopher Lee, também.



27 de abril: I know what you did last summer (1997)

Direção: Jim Gillespie

Quatro jovens saem para festejar o feriado de 4 de julho, mas atropelam um homem. Um ano depois, começam a receber bilhetes de ameaças.

Tem atores nesse filme que eu gosto demais. O filme, em si, é bastante divertido, do mesmo criador de Scream, o final do vilão é meio engraçado, até.



28 de abril: Crimson Peak (2015)

Direção: Guillermo del Toro

Uma jovem autora, Edith, se apaixonada por um homem misterioso que vai aos Estados Unidos conseguir fundos para uma máquina que está construindo. Após a morte de seu pai, acaba se casando com ele e indo morar em sua casa. Edith vai acabar tendo que lidar com seus fantasmas e os fantasmas de seu novo marido, que tem um passado estranho.

Quando eu soube desse filme fiquei muitíssimo contente, queria muito assistir logo e etc. O filme é mesmo lindíssimo, porém, eu fiquei um pouco decepcionada com a história. Tem algo no roteiro que me incomodou bastante. Mas é um grande filme, que vale a pena ser visto, sem dúvida.


Imagens retiradas do site IMDB

Jéssica Reinaldo

Formada em História, escreve e pesquisa sobre terror. Tem um afeto especial por filmes dos anos 1980, vampiros do século XIX e ler tomando um café quentinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários educados são sempre bem recebidos!

Mas não aceito nem tolero ofensas, comentários impossíveis de compreender, spams e qualquer tipo de intolerância.

Os comentários são moderados, por isso aguarde a aprovação!

Instagram